Primeiros Socorros
IX - O Braço Quebrou! E Agora?

Quando um osso se quebra chamamos de fratura. Existem dois tipos de fratura: exposta e fechada.

Exposta: quando existe um ferimento, a pele está aberta e podemos ver o osso quebrado.
Fechada: quando o osso se quebra, porém a pele fica fechada. Podemos saber através de sinais e sintomas como: dor, inchaço, mancha roxa e dificuldade de movimento.

 O que fazer: recomendamos que os primeiros socorros  Neste caso, sejam realizados por pessoas especializadas. Mas em casos como:
 - local distante de ajuda - excursões e acampamentos
 - situação especial de emergência e a ajuda vai demorar
 - enchentes, ou desastres que isolem ou dificultem o pronto atendimento, você poderá ajudar da seguinte maneira:
 - mantenha seu amigo deitado.
 - não movimente a perna ou braço fraturado. Procure improvisar uma tala para imobilizá-lo, na posição em que o braço ou a perna estiverem, a tala pode ser um pedaço plano de madeira, um pedaço de papelão firme, revistas ou jornais dobrados e até mesmo um travesseiro.
  Coloque a tala junto ao membro fraturado e envolva-o com ataduras de crepom, ataduras triangulares ou pedaços de tecido mantendo a tala bem firme (conforme ilustração).

Obs.: no caso das pernas você também pode imobilizar juntando e prendendo com as ataduras a perna fraturada na perna boa. Importante: no caso de fraturas expostas, faça um curativo sobre o ferimento e depois imobilize.

 
X - Meu amigo levou um choque
Em caso de choque elétrico, para você ajudar seu amigo e não se machucar também, a primeira coisa a fazer é desligar a energia. O choque elétrico pode provocar principalmente três tipos de problemas:

I - Parada do coração e da respiração
II - Queimaduras
III - Ossos quebrados

I - Parada da respiração e do coração
: Acontece porque o coração ao receber o choque elétrico altera bruscamente o seu batimento, parando também a respiração. O que fazer? Depois de desligar a energia elétrica, ajoelhe-se ao lado do seu amigo, veja se ele respira e se o coração está batendo. Se não estiver, faça a respiração boca-máscara e a compressão do peito.
II - Queimaduras: A energia elétrica gera calor, por isso quando alguém leva um choque elétrico pode ter queimaduras. Quase sempre a queimadura acontece na parte do corpo que teve contato com o fio desencapado, tomada ou qualquer objeto que gerou o choque. O que fazer? Trate a queimadura conforme ensinado.
III - Ossos quebrados: Se o choque que seu amigo levou foi muito forte e ele caiu, dependendo da altura ou da violência que ele bateu no chão, pode ter quebrado algum osso. Cuide dele, seguindo as instruções para ossos quebrados.

Obs.: esses ferimentos também podem ser produzidos pela descarga elétrica de um raio.
 
XI - Mordidas
Seu amigo foi mordido por um animal, seja ele qual for (cães, gatos, macacos, etc.) O procedimento é o mesmo:

  - Primeiro acalme seu amigo, para facilitar a limpeza do ferimento.
 - Limpe o ferimento com água corrente e sabão.
 - Cubra o ferimento com gaze ou pano limpo. Firme a gaze com a bandagem e procure ajuda médica.

Obs.: Nesses casos é importante capturar o animal e mantê-lo em observação por 10 dias, porque se estiver doente, nesse período os sintomas aparecerão. Esse procedimento é aconselhado, principalmente, por causa da doença conhecida como raiva. (o animal precisa ficar na sombra e receber água e comida).

Importante: na hora de mexer com o animal, peça sempre para um adulto fazê-lo.
 
XII - Picadas - serpentes, aranhas e escorpiões
No caso de picadas desses animais, o importante é:
  - acalmar o seu amigo e mante-lo deitado
  - lave o local com água e sabão.
Procure manter a parte ferida com altura acima do coração. Fazendo isso, você dificultará a chegada do sangue até o local onde está o veneno.

Obs.: Procure ajuda médica e se possível peça a um adulto para capturar o animal que picou o seu amigo. Isso ajudará a identificar o tipo de soro que seu amigo vai precisar.
Picadas de insetos – abelhas, marimbondos e vespas
O único inseto que deixa ferrão em suas picadas é a abelha, por isso para ajudar o seu amigo, você precisa primeiro retirar o ferrão.
A retirada pode ser feita usando um palito de picolé ou a lâmina da tesoura do seu kit de primeiros socorros, raspe o local da picada de acordo com a ilustração. Depois de retirado o ferrão, cubra o local da picada com uma gaze umedecida em água ou soro. Esse procedimento vale para as picadas dos outros insetos.

Obs.: Se o seu amigo levou várias picadas ou é alérgico a insetos, ele precisa ser levado ao médico.
 
XII - Seu amigo esta se afogando
Em primeiro lugar lembre-se: se o seu amigo está se afogando é mais seguro para você e ele, ajudá-lo estando fora da água. As maneiras são:
  - Seu amigo está perto: deite-se no chão, agarre em alguma coisa presa no chão e a outra mão estenda para o seu amigo.
  - A distância é maior: E sua mão não alcança, você pode usar um pedaço de madeira, toalha ou uma corda.
  - Ele está longe: Jogue uma bóia ou qualquer objeto que flutue, amarrando a uma corda para você puxar.
  - Você tem o objeto que flutua, mas não tem corda: Jogue assim mesmo, enquanto ele flutua segurando o objeto, você vai buscar ajuda.

Obs.: Mesmo que você saiba nadar, não se arrisque, salvar uma pessoa que está se afogando precisa de muitas técnicas, que só uma pessoa treinada sabe usar.

Importante:
I - Ao retirar seu amigo da água, você viu que ele não está respirando ou o coração parou de bater, comece imediatamente a respiração boca a boca e a compressão do peito.
II - Se ele estiver respirando, retire suas roupas molhadas e envolva-o com cobertor.
III - Em caso de afogamento, é muito comum que a pessoa afogada vomite, se isso acontecer com seu amigo, vire-o de lado.
 
XIII - Seu amigo caiu

Existem quedas que são consideradas muito graves. A situação é tão delicada, que somente uma pessoa especializada pode atender. Os casos graves são:

 - Quedas na qual a cabeça foi atingida por uma forte batida, esse caso além de criar um sério ferimento, pode atingir os ossos da coluna que estão no pescoço.
 - Queda muito forte que machuque as costas e atinja a coluna. O que você pode fazer:
 - Mantenha o seu amigo na posição em que ele caiu (não tente movê-lo).
 - Veja se ele está consciente, se ele respira, se o coração dele está batendo, se existe algum sangramento grave. Se você encontrou algum destes casos, aja imediatamente conforme procedimentos mostrados anteriormente.
 - Chame o pessoal especializado para esses casos (bombeiros ou ambulância).
 - Enquanto a ajuda não chega, mantenha firme a cabeça do seu amigo, na posição em que ele pode respirar mais facilmente (conforme ilustração).
 - Procure acalmá-lo e distraí-lo, converse com ele.

 
Montando uma caixa de primeiros socorros: Aconselhamos que você tenha sempre na mochila, onde quer que vá, um pequeno kit de primeiros socorros. Sugerimos os seguintes materiais:
 - 1 Cobertor descartável aluminizado
- 1 máscara descartável para respiração boca- máscara
- 1 rolo pequeno de esparadrapo.
(para fixar curativos)
- 1 caixa de band-aid (pequenos curativos)
- 1 tesoura de ponta redonda (cortar peças de roupa ou cortar materiais para curativos)
- 2 ataduras de crepom (para fixar gaze ou talas)
- 2 pacotes de gaze (para limpeza e proteção de ferimentos)
- 1 par de luvas descartáveis (para proteger suas mãos de contaminações)
- 1 atadura triangular (para fixar gaze ou talas)
   
 
XIV- Intoxicação e envenenamento: É muito importante saber que, nunca devemos colocar na boca coisas como folhas de plantas, produtos de limpeza, perfumes, líquidos usados para colocar nas plantas do jardim ou líquidos que são utilizados para veículos, como álcool e gasolina. Esses produtos são tóxicos, e se você beber poderá ficar muito doente. Por isso, se você ou algum amigo ingeriram alguma dessas coisas, avise rapidamente um adulto, conte o que aconteceu, e se possível, mostre o que foi ingerido.
- Se aconteceu com você:
mantenha-se calmo; não tente vomitar; beba muita água.
- Aconteceu com seu amigo:
se ele estiver consciente, mantenha-o calmo, não tente fazê-lo vomitar, dê muita água a ele;
se ele estiver inconsciente, deite-o no chão e mantenha-o acordado virado de lado (porque se ele vomitar não vai correr o risco de se afogar) até a ajuda chegar;

Lembre-se, a mesma coisa serve para os remédios. Só devemos tomar quando for dado por um adulto. Nunca tome remédios sem que um adulto saiba, afinal se você não estiver doente, ele poderá fazer muito mal.

Fonte: Coleção Prevenção – de Aldo Baptista Neto e Cristina Marques – Sivadi Editorial.